sábado, 25 de abril de 2009

Sala de Música II

A Sala de Música ficou muito longe de estar concluída.
E creio que sofre do mesmo mal da Cozinha: muito pequena e com demasiada mobília.
Mas vamos começar pelos reposteiros. À semelhança das outras divisões, decidi-me por uns reposteiros fortes e opacos, grossos, porque uma das suas funções era proteger do frio que provinha das janelas. Outra função consistia em anular a luz oriunda do exterior.
Mais uma vez, tal como nos outros casos, fiz um pregueado interno. Aqui estava em fase de execução e a analisar os embrasses...

Em relação às cores, achei que a cor de morango ia bem. Fazia contraste com as paredes brancas e ao mesmo tempo, era uma cor da paleta do "fresco" da parede do fundo....
E porque na época, as cores dos reposteiros eram fortes.

Decidi colocar uma galeria dourada, para variar em relação às outras divisões e porque se harmonisava com os tons claros, com o branco e o dourado e a cor dos cortinados.

Decidi também fazer uns ambrasses diferentes do que tinha planeado inicialmente.

E como a Sala está "atravancada" (perdoem-me o termo...) de mobília, resolvi também retirar parte da mobília. A harpa não era um instrumento abundante no nosso país, ao contrário do clavicórdio e do cravo (neste caso, creio que o instrumento entregue pela Planeta Agostini é um clavicórdio), mais comuns nos interiores apalaçados.
Após retirar o par harpa/cadeira, achei que fazia falta uma mesa para pousar um candelabro. Retirei uma das mesas que pertencia ao Salão de Chá, a mais pequena. Se a dona da casa tiver o hábito de tocar de quando em vez, não ia pedir à criada que lhe acendesse as velas do candeeiro do tecto, mas mais fácil seria ter um candelabro acessível e ainda por cima, está perto do clavicórdio, iluminando a pauta e o teclado....

Creio que o tapete ficou muito bem, quer no tamanho, quer na cor.

Com estas alterações, fiquei a pensar se valerá a pena mudar ou a cor ou o estofo das cadeiras, porque agora a Sala já não me parece tão pálida, tão branca como ao início.

7 comentários:

ricardo disse...

ola

A sala parece ter muita coisa para o espaço envolvente podias tirarmais coisas e colocar um quadro na parede, acho que tens razão em relação as cadeiras falta-lhe algo, mais uma cor talvez, de resto vem em linha com o que ja tens feito no resto da casa

jinhos

Ritchie disse...

Eu julgo que tena razão na medida em que, após as alterações, o salão de música não necessita que alteres o estofo das cadeiras.
com os novos apontamentos de cor ficou melhor e julgo que não te devias dar ao trabalho de as alterar... o mesmo já não posso eu dizer das minhas pois tenho o chão a branco.

rute disse...

Olá. Obrigada pelo comentário e pelo apoio. Afinal é graças ás vossas opiniões e trabalhos que o meu entusiasmo tem crescido. Estou realmente entusiasmada com este hobie. Reconheço que não trago nada de novo, apenas faço o que está ao meu alcance. Espero continuar a crescer ganhando experiência e um dia poder fazer algo mais pessoal.
Beijinhos, Rute.

Dru disse...

Enhorabuena por tener ta buen gusto y enseñarnos como debe ser un palacio y no lo que nos ha vendido planeta. Me gusta mucho como lo estas dejando, seguire de cerca tus avances, puesto que yo ahora tambien lo he empezado a montar.
Pasate por mi blog tengo u premio para ti.
Besos

Esperanza

lais disse...

Olá... sou brasileira e gostaria de ter em minha casa de miniatura louças de porcelana Portuguêsa... tem algum site que as vende pela internet? Quero as autênticas louças Portuguêsas!!
Obrigada.

Marian disse...

Hola.
Una visita para saludarte y entregarte un obsequio en mi blog (Premios).
Felicidades por tu trabajo, esta maravilloso.
Besos

wanderleia disse...

Boa noite ,vc nao se interessa em comprar algumas miniaturas? tenho casa de praia da editora altaya,do fasciculo nº1 ate nº22 e o nº 26.Vendo todos pela metade do preço da editora.Desde ja agradeço e aguardo resposta