terça-feira, 6 de setembro de 2011

Sala de Música III - ainda muito incompleta


Uma das coisas que me fazia muita confusão  na minha Sala de Música era a extrema brancura... as paredes eram brancas, o mobiliário era branco, enfim. E sempre achei que havia muito mobiliário para uma divisão tão pequena, embora o nº de lugares sentados estivesse muito correcto.

Assim, para grande pena da minha filhota, resolvi arrancar chão e paredes e rodapé e planear tudo do zero.
A mobilia fornecida pela Agostini era D. Maria, ou seja, última década do séc. XVIII, inícios da centúria seguinte, fugindo já às linhas curvas e anunciando as linhas direitas, o espírito clássico.

Construi o chão no já costumeiro "tábua corrida", que escureci com cera tinta da Dyrup, desta vez não em mogno mas nogueira, deixei secar, apliquei cera de antiquário e puxei o brilho. Tenho de repetir todas estas operações, pois ainda ficou meio baço...


Nas paredes achei que o papel das riscas em cor de morango esmagado, clássico, a contrastar fortemente com o branco de toda a mobilia, era o ideal (era o que havia planeado para a "Casa dos Livros" mas vai de verde...)

Apesar de achar que a sala de música tem muita mobilia, não resisti a experimentar um dos tremós e até fui roubar o espelho à Sala de Chá, que ficou então com um espelho mais pequeno (o tremó da Sala de Chá tinha o espelho do toucador do quarto...que já desmontei).
Talvez retire a harpa e deixe só o cravo.


Agora aguardo com muita ansiedade pela minha encomenda que tem muitas molduras, para encher estas paredes de gravuras e fazer o reposteiro para o aro interior da porta, bem como o reposteiro para a janela...
Pena que a Planeta Agostini nunca tenha entregue o aro da porta: são demasiados cortinados para um espaço tão diminuto...Imaginem, se esta divisão fosse real, teria 2,40 metros de largura, ou seja, pouco mais do que um corredor...
Fica a faltar um tapete, depois veremos. Tenho de ter cuidado com a paleta de cores.



Bem, eu acho que melhorei a divisão, mas todas as criticas são bem vindas... E sugestões, pois ainda está numa fase muito inicial.

3 comentários:

Ritchie disse...

Olha gosto das alterações mas concordo contigo quando dizes que está um pouco atravancado de mobília. É, de resto, um dos meus grandes problemas em relação a essa sala... se bem que agora não tanto já que a minha querida gata me partiu mais de metade das cadeiras. Algumas acho que consigo arranjar... outras acho que só com milagre hahahahahaha.
Curiosamente, embora goste bastante da cor que escolheste e de como ficou, o facto de estar a planear a minha sala toda em branco é uma das coisas que mais gosto nela. Mas pode ser que seja um daqueles exemplos em que na teoria é de uma maneira mas na prática outra completamente diferente.

Carla disse...

Amiga
Acho que efectivamente a Sala da Musica melhorou imenso pois também sempre me fez alguma confusão todo aquele branco... Realmente parece-me que a harpa " atravanca " ali um pouco o espaço... talvez devesses retirá-la até porque o tremo fica muito bem e merece ser visto...

Ana Anselmo disse...

Já deixei um comentário na mensagem anterior, que se repte neste, mas vou confessar uma coisa, o meu problema é que não gosto dos móveis brancos e dourados, mas como disse em baixo, é mesmo só o meu gosto pessoal...
Quanto ao resultado das modificações, gosto muito mais assim.